O que é o SEO: Guia definitivo para iniciantes
Nesse artigo te explicamos o que é o SEO e tudo que você precisa saber nesse guia definitivo para estudantes. Clique aqui e entenda!
guia de seo para começar

Dominar o SEO é a chave para dirigir e manter tráfego de qualidade para o seu site. Antigamente, tudo o que você precisava fazer para classificar os mecanismos de pesquisa era inserir palavras-chave inteligentemente em seu conteúdo.

Mas tudo isso mudou agora. O SEO passou da inserção de palavras-chave, otimização de títulos de postagem e tempo de carregamento etc. para um novo algoritmo mais complexo. Não é de se admirar que alguns acreditem que o SEO está morto.

Bem, isso está longe de ser verdade – SEO ainda é tão eficaz quanto era no início. Seu trabalho é aprender a fazer direito.

Neste guia definitivo, explicaremos, em termos mais simples, o que é o SEO. Boa leitura!

O que é SEO?

Search Engine Optimization  – SEO para abreviar – é um termo usado para se referir a estratégias utilizadas para melhorar a visibilidade de um site em mecanismos de busca.

O objetivo final do SEO é direcionar o tráfego para um site, organicamente – ou seja, sem anúncios pagos. Se você está procurando classificar seu site no Google, Yandex, Bing ou qualquer mecanismo de pesquisa de sua escolha, o SEO será útil.

Deve-se ter em mente que a otimização do mecanismo de busca difere do Search Engine Marketing (SEM). A diferença fundamental entre os dois é que, enquanto o SEO vem a custo zero de anúncio, para o SEM você precisa de um orçamento de marketing.

Para ilustrar a diferença entre SEO e SEM, vá para o Google. Na barra de pesquisa tipo “SEO + sua área”. O que você vai ver é o seguinte:

O link da web com o prefixo “Anúncio” (Anúncio) foi o que pagou ao Google para aparecer para a palavra-chave que você pesquisou. Considerando que o link da web sem o prefixo é classificado pela função de SEO – nenhum dinheiro de anúncio foi pago ao Google.

Basicamente, isso é SEO!

Por que investir em SEO?

Embora seja verdade que você não precisa de um orçamento de marketing para maximizar o SEO, com certeza precisa investir tempo – e muito.

Isso, somado ao fato de que leva algum tempo para ver resultados significativos do SEO, torna-o indesejável para os profissionais de marketing que buscam retornos rápidos.

Mas se você tiver tempo para investir, o SEO é uma excelente fonte de tráfego orgânico barato e de qualidade. Aqui estão mais razões para investir em SEO:

  • SEO tem taxas de cliques mais altas do que SEM. As estatísticas mostram que 70% dos usuários preferem clicar nos resultados orgânicos de suas pesquisas.
  • SEO é um excelente canal para capturar tráfego localizado – ou seja, tráfego proveniente de sua área local. Isso o torna uma ótima solução para empresas que operam localmente.
  • Você pode facilmente superar seus concorrentes com SEO. Com a estratégia certa, você pode se classificar acima da concorrência, independentemente do tamanho do orçamento de marketing.
  • O SEO ajuda a construir credibilidade, pois os usuários tendem a confiar mais em pesquisas orgânicas do que em pesquisas pagas.

Dito isso, vamos ver as diferentes estratégias que você pode usar para melhorar a classificação do seu site.

Os sites WordPress são os melhores para serem otimizados em SEO e é por isso que esse guia de SEO será dentro desta plataforma, afinal, esse é o caminho mais rápido e eficiente para um bom ranqueamento. Infelizmente, somente isso não é suficiente – é seu trabalho otimizá-lo adequadamente se quiser ver resultados significativos.

Dica nº 1: instale um plugin de SEO 

Os plugins WordPress existem para tornar a vida menos trabalhosa como um designer / desenvolvedor WordPress. Dos inúmeros plugins de SEO para WordPress que existem no mercado, o plugin Yoast SEO é o mais popular.

Para instalar, faça login no painel do WordPress e role para baixo até Plugins. Passe o mouse sobre ele e clique em Adicionar novo

Em seguida, pesquise Yoast na barra de pesquisa. Quando você o encontrar, instale e ative.

Após a instalação e ativação bem-sucedidas, você deve ter o Yoast direto no painel do seu site WordPress.

Observe que o Yoast não otimizará automaticamente seu site para SEO. Na melhor das hipóteses, ele fornecerá recomendações – cabe inteiramente a você implementá-las.

Dica nº 2: certifique-se de que seu site esteja visível para os mecanismos de pesquisa

Diretamente no painel do WordPress, você pode tornar seu site inacessível para os mecanismos de pesquisa. A ideia por trás desse recurso é manter seu site fora do alcance do público enquanto o constrói.

Por padrão, esse recurso está desativado, mas se for ativado por engano em seu site não será classificado nos motores de busca.

Por isso, lembre-se de ativar a visibilidade nos motores de buscas e a indexação. Com isso, você está pronto e os motores de busca podem localizar e indexar o seu site.

Dica nº 3: escolha HTTPS em vez de HTTP

Você deve ter notado que a maioria dos sites agora usa HTTPS em sua estrutura de domínio. O “S” – que significa seguro – é uma função da tecnologia SSL (Secure Sockets Layer).

Simplificando, https garante que a transferência de dados entre o navegador e o servidor da web é segura. Nos primeiros dias da web, a configuração de HTTPS / SSL era puramente por escolha – agora é obrigatória.

Os sites com conexão não segura (HTTP) apresentam desempenho ruim nos mecanismos de pesquisa. Você com certeza não quer que isso aconteça com o seu site.

Permalink é um termo usado para descrever a estrutura dos URLs de um site (links da web). Isso inclui URLs de postagens em blog e páginas do site.

A estrutura do permalink, em mais de uma maneira, influencia o desempenho de um site nos mecanismos de busca. Como tal, é importante acertar desde o início.

A chave é tornar os links para seu site legíveis como um texto significativo. Se você estava usando uma estrutura de permalink não amigável, digamos Numérica, o WordPress cuidará dos redirecionamentos.

Se o seu site tiver mais de 6 meses, procure a orientação de um profissional de SEO antes de mudar a estrutura de permalink do seu site. Isso evita perder a classificação que você construiu.

Dica nº 5: atualize a versão PHP do seu site

Você não pode pintar um carro com carroceria e chassis enferrujados e esperar que tudo saia bem. Isso vale para o WordPress SEO – você não pode usar novas estratégias de SEO em uma versão antiga de PHP.

Atualizar para a versão mais recente do PHP tem vários benefícios, alguns dos quais incluem melhor velocidade de carregamento e maior segurança.

Dica nº 6: pesquise antes de criar conteúdo

O conteúdo é a base do SEO – é principalmente por meio dele que os usuários da web encontram seu site. Mas a curadoria de conteúdo só porque todo mundo está fazendo isso é uma estratégia falha. Seu objetivo deve ser educar, entreter e, por fim, atrair tráfego de qualidade.

Antes de escrever uma única palavra, primeiro faça algumas pesquisas. Seu objetivo deve ser:

  • Descubra que tipo de conteúdo os usuários da web estão procurando
  • Encontre a combinação certa de palavras-chave para o seu conteúdo
  • Realize análises de concorrentes e determine para quais palavras-chave eles estão classificados
  • Evite ir muito longe com palavras-chave em seu conteúdo. Por exemplo, “fotógrafo profissional” é uma palavra-chave muito ampla para ser classificada. “Fotógrafo infantil em São Paulo” é muito melhor.

Além disso, ao usar palavras-chave, tenha cuidado, pois o uso excessivo delas pode colocar seu site na lista negra do Google. O plugin Yoast SEO pode ajudar a endireitar as coisas com palavras-chave.

Dica nº 7: otimize sua postagem no blog

As postagens em blog que não são otimizadas adequadamente podem nunca ser classificadas, não importa o quão informativas sejam. Tudo, desde o título, meta descrição e subtítulos de cada postagem de blog que você publica, deve ser otimizado.

Ao otimizar suas postagens em blog para mecanismos de pesquisa, também se esforce para otimizá-las para leitura humana.

Aqui estão algumas regras a serem observadas ao otimizar as postagens do seu blog

  • Use tags de subtítulo generosamente para dividir seu conteúdo. H2, H3, H4 etc. são tags de subtítulo típicas no WordPress.
  • Certifique-se de que a palavra-chave de foco que você está alvejando esteja contida no link permanente da postagem do blog. Mas, por suposto, torne-o legível.
  • Para imagens e vídeos, use os atributos alt apropriados para uma descrição adequada.

Além disso, nomeie seus arquivos de mídia apropriadamente. Evite usar nomes genéricos como “IMG_123.png”

Os links internos fazem parte do algoritmo de classificação do Google. Como o nome sugere, esses são links que interconectam as páginas, bem como postagens individuais do seu site.

Links internos ajudam os bots de pesquisa do Google a encontrar páginas, bem como postagens recém-publicadas. Eles dizem aos bots do Google, “ei, há algo interessante ali, então siga este link para ver”.

Os leitores humanos também dependem de links internos para navegar pelo conteúdo do seu site. Outros benefícios do uso de links internos incluem:

  • Aumenta a classificação do seu conteúdo.
  • Eleva o envolvimento do usuário, reduzindo assim a taxa de rejeição
  • Aumenta o tráfego para seu site.
  • Um número maior de links internos apontando para o conteúdo significa uma classificação mais alta para aquele conteúdo. Portanto, o conteúdo mais importante do seu site deve ter mais links para eles.

Existem muitas maneiras de se vincular a um determinado conteúdo. Um é o link contextual: links baseados em texto. 

O texto que contém o link é conhecido como texto âncora. Um texto âncora deve ser descritivo. Outros métodos de vinculação incluem vinculação de menus de navegação e vinculação de taxonomias (categorias e tags).

Quando você faz um link para um site externo, parte da pontuação de SEO do WordPress seria passada para esse site.

Para evitar que isso aconteça em lugares como comentários em seu site, use um link proibido para seguir. O atributo Nofollow diz aos bots de pesquisa do Google para não seguirem um link para onde quer que ele esteja apontando.

Eles também podem ser usados ​​para fazer referência a sites externos quando você não deseja passar o link juice para eles (por exemplo, ao vincular um produto).

Dica # 10: evite conteúdo duplicado

Diz-se que uma parte do conteúdo está duplicada se aparecer mais de uma vez na web com URLs diferentes. 

Conteúdo duplicado é uma dor de cabeça para os robôs de mecanismos de pesquisa: eles acham difícil determinar qual conteúdo classificar. Os bots de mecanismos de pesquisa fazem uma coisa quando encontram conteúdo duplicado: desclassifica ambos os conteúdos.

A duplicação de conteúdo é causada por alguns fatores. Os fatores comuns incluem a geração de vários URLs pelo seu Sistema de gerenciamento de conteúdo, bem como a eliminação de conteúdo.

A remoção de conteúdo acontece quando alguém copia o conteúdo do seu site e publica no site dela. A única solução certa para combater o conteúdo duplicado é um URL canônico.

O URL canônico indica ao Google qual postagem / página é a original. Portanto, mesmo se a postagem / página tiver várias URLs diferentes, o Google só classifica com URL com atributo canônico.

Para tornar um link canônico, basta adicionar o atributo rel = ”canonical” da mesma forma que adicionaria o atributo rel = ”no-follow”.

Dica nº 11: faça seu site carregar mais rápido para melhorar o SEO

A velocidade de carregamento de um site é um fator importante de classificação para o Google. Então, quanto mais rápido um site carrega, maior a classificação do Google.

Existem algumas ferramentas de verificação de velocidade online que você pode usar para verificar a velocidade de carregamento do seu site. Assim, sabemos que o Google PageSpeed ​​Insight é um dos mais populares.

Não existe uma estratégia de tamanho único para melhorar a velocidade de carregamento de um site. Estratégias populares incluem compactar imagens antes de enviar, usando assim, uma rede de distribuição de conteúdo etc.

Desinstalar, mas também excluir plugins redundantes pode ajudar a melhorar a velocidade de carregamento do seu site. Para saber mais, leia nosso guia de velocidade do WordPress.

Dica nº 12: otimize seu site para celular

Até 2016, o desktop era responsável pelo maior tráfego do site, em comparação ao mobile. Contudo, agora mais pessoas navegam na Internet com seus dispositivos móveis do que no desktop.

No despertar da era móvel, o Google surgiu com o que é conhecido como indexação que prioriza os dispositivos móveis. Assim, a indexação que prioriza o celular significa que o algoritmo de pesquisa do Google classificará os sites com base em sua capacidade de resposta móvel.

Ou seja, sites que não respondem no celular não terão um bom desempenho nos mecanismos de pesquisa. Se seu site não é responsivo a dispositivos móveis e roda em WordPress, então mude o tema.

Certifique-se de que o tema selecionado seja responsivo a dispositivos móveis. Assim, o tema Twenty Nineteen do WordPress é um tema popular e gratuito, conhecido por sua capacidade de resposta móvel. Se você tem orçamento para temas premium, eles oferecem geralmente melhor valor e recursos.

Além de usar um tema responsivo do WordPress, o uso de AMP (Accelerated Mobile Pages) também pode ajudar a melhorar a usabilidade do seu site em dispositivos móveis. A ideia por trás do AMP é fazer com que os sites carreguem super-rápido no celular.

Para começar a usar AMP, instale e em seguida ative o plug-in AMP do WordPress em seu site. Isso irá portanto, melhorar muito o seu SEO do WordPress.

Dica nº 13: estruture o conteúdo do seu site com categorias e tags

As categorias, bem como tags permitem organizar o conteúdo do seu site de uma forma que faz sentido pesquisar bots e humanos.

Pense nas categorias como um índice para o seu site. Digamos que você administre, bem como gerencie um blog de viagens, você pode categorizar suas postagens em equipamentos de viagem, melhor destino no verão, ofertas de viagens etc.

Tags, por outro lado, são palavras-chave descritivas usadas em uma postagem. À primeira vista, um leitor pode saber do que se trata uma postagem verificando suas tags.

Embora as categorias sejam hierárquicas – no sentido de que podem ter filhos – as tags não são.

Dica de SEO para WordPress nº 14: Torne seu site mais seguro

Desenhado à sua geração, o WordPress é um dos principais alvos dos hackers, por isso, caso um hacker tenha acesso ao seu site wordpress, o SEO será afetado severamente.

Embora o WordPress tenha um punhado de recursos de segurança, existem medidas adicionais que você pode tomar para melhorar a segurança.

Um deles é usar nomes de usuário, bem como senhas exclusivas para fazer login. Ou seja, seus detalhes de login devem ser difíceis de adivinhar. Você pode levar as coisas um pouco mais longe usando autenticação de dois fatores – há uma plugin por isso.

Outras medidas adicionais que você pode tomar incluem incluir limitar como login, desativar a edição de arquivos, além disso, o uso de plugins de segurança de alto nível. 

Links quebrados prejudicam o SEO de mais maneiras do que você pode imaginar.

Diz-se que um link é quebrado quando leva a uma página inexistente ou excluída. Muitas vezes, quando você clica em um link quebrado, uma mensagem de erro dizendo “Desculpe, esta página não existe” aparece.

Links não verificados, bem como quebrados também podem prejudicar a reputação do seu site, especialmente se houver muitos deles.

O primeiro passo para corrigir links quebrados é, portanto, encontrá-los.  Existem basicamente duas coisas que você pode fazer para corrigir um link quebrado: você pode alterar a URL, mas também pode excluir o link completamente.

Digamos que um link no seu site foi quebrado porque o domínio do site que está vinculando é alterado. Tudo o que você tem que fazer é atualizar para o novo domínio. Se estiver vinculado a uma página excluída que você não pode rastrear, você deve, portanto, excluir o link.

Neste guia, discutimos exaustivamente o que é o  SEO. Claro, cabe a você colocar o trabalho em prática. Mas com persistência, muitos ajustes e um pouco de sorte, seu site começaria a se classificar em pouco tempo.

Com a Agência Colors, nós garantimos muito mais do que apenas um visual atraente e um layout moderno para o seu site.

O nosso foco principal é oferecer para empresas em todo o mundo soluções eficazes, isto é, para gerar visibilidade na internet.

Nossa agência elabora estratégias de SEO, bem como de posicionamento de marca para empresas multinacionais, de grande, médio e pequeno porte, todos os projetos são importantes para nós.

Se Você Gostou Do Artigo Veja Mais Novidades:

Artigos Atualizados Sobre: Sites, SEO e Estratégias Digitais

Buscar
Generic filters

Sobre o Blog da Agência Colors

Nosso Blog é uma extensão de nosso conhecimento transmitido com muito carinho a cada um de vocês, ao ler os artigos únicos aqui, caso deseje compartilhar para quaisquer fins, sua reprodução é autorizada desde que com as devidas citações.

Artigos Recentes da Nossa Agência de Sites

Ferramentas Úteis Para Consulta de SEO
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email

Nosso website utiliza cookies para melhorar sua experiência e preferências de navegação, verifique o documento Política de Utilização e Privacidade de Dados para mais detalhes.

Configurações de Cookies

Below you can choose which kind of cookies you allow on this website. Click on the "Save cookie settings" button to apply your choice.

FuncionaisOs cookies funcionais para melhorar a experiência de navegação em nosso site.

AnalyticsDesativado no momento.

Mídias SociaisDesativado no momento.

AdsDesativado no momento.

OutrosCookies de terceiros como nossa ferramenta de tradução.